Monday, November 20, 2017
Estrutura básica do Monitoramento IP:  

Descrição dos Hardwares e Softwares para Implantação do Sistema de Monitoramento IP

Para o upgrade da rede multiserviços do cliente e a implantação do sistema digital da Indigo Vision, operando em protocolo H.264 ou
MPEG4,serão necessárias as substituições de alguns hardwares hoje em uso e a instalação de softwares específicos na estrutura do CCO da do Cliente como também nas caixas de montagem nas rodovias.

O esquema ilustrativo acima apresenta o funcionamento típico de uma rede multiserviços utilizando monitoramento de CFTV IP.

Todos os equipamentos utilizados nesta estrutura possuem um endereçamento IP, permitindo seu acompanhamento de desempenho 24 horas por dia o ano todo.

Outra grande vantagem que o sistema IP nos oferece é a variedade de meios de transporte de dados, podendo utilizar para tráfego de imagens/dados/voz: cabo UPT, fibra óptica, wireless e metálicos isolados ou combinados entre si.

Devido às múltiplas possibilidades de implantação dos equipamentos da Indigo Vision, explicaremos abaixo claramente onde serão utilizados os equipamentos e softwares através da segmentação nos subgrupos:

·     * Controle e Gerenciamento (Central de Comando Operacional/CPD)

*    Monitoramento (Ruas ou Rodovias)

 

As redes IP para computadores são similares às redes IP para o monitoramento de CFTV

 CCO - Central de Comando Operacional e CPD - Central de Processamento de Dados

"SOFTWARES"

Os softwares que deverão ser implantados no CCO para que as imagens das câmeras das ruas ou rodovias possam ser recebidas, multiplexadas, exibidas, gerenciadas e gravadas são compostos pelos dois módulos abaixo:

* Control Center
* NVR – Network Vídeo Recorder 

Software Control Center - Controle Total de Vídeo, Áudio e Alarmes


"
Módulo Control Center"

- exibição de até 100 câmeras ao vivo por estação;
- não há limite para o número de câmeras a serem gravadas
- gravação e exibição das imagens gravadas simultaneamente;
- gerenciamento de alarmes (perda de vídeo, movimento, retorno de vídeo entre outros);
- controle de PTZ (movimentação das câmeras);
- mapas;
- sistema administrativo (níveis de acesso, hieraquia, restrições e configurações);
- matriz virtual (multiplexação de imagens, seqüenciais, guard tours, salvos;
- entre muitos outros recursos disponíveis, maiores informações acesse www.indigovision.com


Software Control Center - Tela da Busca de Imagens Gravadas


"
NVR – Network Vídeo Recorder"

- gravação das imagens, até 100 câmeras
- gerenciamento de espaço em disco e regravações
- indexações por data, dia, hora, movimento e alarmes
- gravação e gerenciamento de alarmes ocorridos
- gerenciamento de espelhamento de gravações
- sincronização de playbacks até 25 câmeras juntas
- diversos níveis de controle 
- recursos de vídeos analíticos
- entre outros


Tela Tumbnails - Exibição de todas as sequências de imagens quadro a quadro

 Abaixo algumas telas dos softwares para ilustração:

Quando há o disparo de um alarme, automaticamente pode-se abrir um mapa do local

Mapas Vinculados com câmeras

Visualização das Câmeras de Forma Simples e Prática

Alarmes

O Software Control Center permite que várias  funções sejam executadas simultaneamente

           Vários Layouts de Telas

Imagem com qualidade de DVD pode ser exibida e gravada
Recursos avançados de busca de imagens
Rondas e Presets podem ser adicionados individualmente para cada câmera, vinculados com alarmes e mapas simultaneamente.
Presets e Rondas podem ser aplicados
 

Filtros podem se aplicados em cada imagem de forma independente

Esquema Ilustrativo do Sistema de Monitoramento IP e Call Box

 

 "HARDWARES"

Os hardwares que deverão ser implantados no CCO para que as imagens das câmeras das rodovias possam ser recebidas, multiplexadas, exibidas, movimentadas, gerenciadas e gravadas.

a) Servidor de Storage
b) Workstation
c) Joystick – Controle PTZ

d) Exibição de Imagens (LCDs, TV Projeção e Vídeo Wall)
e) Extensor de Comando
f)  KVM (Keyboard, Vídeo e Monitor)

Vários Monitores podem ser exibidos em um única máquinaAté 100 câmeras podem ser exibidas em uma workstation

a) Servidor Storage

O Storage é uma solução de armazenamento escalável que aumenta significativamente a capacidade de controle de dados. Um dos maiores problemas em empresas é a falta parcial ou total de espaço para guardar informações. O Storage resolve o problema através de um conjunto de facilidades que permite um aumento rápido e eficaz de espaço evitando investimentos desnecessários de sua empresa em equipamentos.

Hoje em dia, a maior parte da atenção dada ao armazenamento em rede está concentrada nas interconexões (como Fibre Channel), que permitem a conectividade universal e os dispositivos de armazenamento e os computadores que se conectam a elas. Mas as interconexões por si mesmas não acrescentam nenhuma funcionalidade ao processamento de informações, elas apenas possibilitam que essa funcionalidade seja acrescentada.

Para conseguir os benefícios prometidos pelo armazenamento em rede, não somente a conectividade, o desempenho, a disponibilidade e as funções de hardware devem estar disponíveis para habilitá-los, como também o software de sistema e de aplicativos devem tirar proveito do hardware, a fim de fornecê-los.


O Storage é o Hardware profissional de alto desempenho responsável por armazenar todas as imagens e recursos do software NVR - Network Vídeo Recorder sob a plataforma Windows Server 2003.

As imagens são transformadas de analógicas para digitais pelos Video Servers, percorrendo toda a extensão da rodovia utilizando o protocolo MPEG4 (TCP/IP ou UDP) até o CPD, onde são gravadas e indexadas simultaneamente todas as câmeras.

Qualquer busca que se pretenda realizar de ocorrências passadas basta consultar o Servidor de Storage através do Software Control Center, escolher câmeras, dia, hora e as imagens aparecerão conforme solicitado até 25 simultâneas.

O tempo de gravação das imagens no Servidor de Storage é proporcional ao tamanho do espaço destinado em HDs ou Fitas de backup.

Informações detalhadas sobre o hardware do Servidor de Storage Profissional da Dell podem ser obtidas 
com nosso departamento comercial no link contato.

b) Workstation

Estações de trabalho de alta disponibilidade gráfica, configuradas para que o Software Control Center possa apresentar o seu maior desempenho, disponibilidade total e adequação para futuras ampliações do número de câmeras no sistema de monitoramento. 

Outro item supramencionado como um item de alta importância na exibição das imagens são as placas de vídeo, que trabalharão em conjunto com as workstations assegurando a apresentação de imagens em tempo real com qualidade e desempenho exigido pelo software.

Informações detalhadas das Workstations podem ser obtidas com nosso departamento comercial, clique aqui.

c) Joystick – Controle PTZ 

Utilizado para o controle das câmeras nas rodovias, permite que o operador movimente e controle todas as câmeras apenas escolhendo o número da câmera e o monitor que ele deseja visualizá-la. Adicionalmente o operador pode usufruir de todos os recursos abaixo:

- Teclado com joystick (pan/tilt/zoom), controla vários tipos de speed dome ajustes de velocidade;
- Tradução de protocolos diretamente do Control Center;
- Saída RS232 com conexão RJ11, plenamente compatível com as matrizes virtuais;
- Câmera, monitor e presets;
- Foco, auto-íris, auto-sequência e ronda;
- Total Controle da Matriz Virtual;
- Baixo Consumo de Energia;
- Presets;
- Entre outros excelentes recursos que garantem grande agilidade de comando.

Joystick Indigo Vision - Robusto e Prático

 d) Exibição de Imagens (LCDs, TV Projeção e Vídeo Wall)

As imagens das câmeras das rodovias são enviadas para o CCO seguindo a seqüencia abaixo:
- Câmeras de Vídeo na rodovia filmam (sinal analógico)
- Video Servers na rodovia captam o sinal através de sua entrada analógica (sinal digital)
- Conversores de mídia ethernet/fibra na rodovia (sinal digital) 
- Fibra Óptica (plantada ao longo das rodovias)
- Conversores de mídia fibra/ethernet
- Switchs (Dependências do CCO)
- Roteadores ou vice versa (Dependências do CCO)
- Software Control Center (Dependências do CCO)
- Software NVR Network Video Recorder (Dependências do CCO)
- Na etapa final as imagens das câmeras das estradas podem ser exibidas em monitores de TV, LCD, Projetor ou Video Wall (Dependências do CCO)

Exemplo de arquitetura de rede usando Video Servers e Fibra Óptica

As imagens na estrutura do CCO podem ser exibidas de duas principais formas conforme apresentado abaixo no esquema 1: 

- exibição formato digital: a imagem é exibida diretamente através da saída das placas de vídeo de servidores e/ou Workstations (VGA, HDI ou SV)
- exibição formato analógico: através do uso de Decoders (entrada vídeo digital com saída analógica e posterior conexão com entradas analógicas nos monitores)

A estrutura apresentada pode operar com sistema completamente analógico para os monitores de TV/LCD, completamente digital ou ainda uma solução híbrida.

Salientamos que a solução totalmente digital apresenta os gigantescos recursos da matriz virtual, salvos, seqüências e guard-tours, alarmes com abertura de monitores e câmeras específicas entre outros incontáveis recursos do Control Center.

A solução digital baseia-se na utilização de várias placas de vídeo nas estações de computadores, permitindo um processamento menos crítico do hardware, descentralização e redundância em caso de backup.

Enquanto que o uso de sistema analógico para visualização das imagens com o uso de Decoders, só permite o uso de seqüenciais, opção de monitores de visualização e aberturas de pré ou pós alarmes. A estrutura de redundância e backup se dá com hardwares sobressalentes.

A diferença orçamentária entre os dois sistemas é muito grande como podemos comprovar na planilha de custos.

Esquema Ilustrativo de Salas de Comando que Utilizam Imagens Analógicasem muitos casos é necessário decodificar a imagem, que através dos nossos decoders é extremamente simples

Para implantação do sistema digital, utilizando monitores de LCD ou Projeção de alto desempenho 50”, apresentamos no esquema 2 uma ilustração que nos permite visualizar o requinte tecnológico disponível quando se utiliza um sistema de transmissão totalmente digitalizado.



 

<< voltar  Mais Soluções>>